Aldri Anunciação ao vivo pela CBN Salvador

Hoje, 07/11 às 13:30 o vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura, autor de Namíbia, Não! vai estar no ar ao vivo na Rádio CBN – Salvador 91,3 FM, respondendo perguntas de espectadores sobre o fato de ter recebido o Prêmio Jabuti de Literatura Nacional.

O programa vai de 13:30 às 15:30 e os ouvites podem participar enviando as perguntas via torpedo da seguinte forma:



    Aldri Anunciação conquista o Prêmio Jabuti de Literatura 2013, categoria Juvenil, pelo livro Namíbia,não!

    Aldri Anunciação, foto by Ricardo Simões

    Aldri Anunciação, com o seu livro Namibia Não!, é o vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura 2013, categoria Juvenil. O resultado da 55ª Edição do Prêmio Jabuti foi divulgado hoje (17/10) e a cerimônia de entrega será realizada em São Paulo, dia 13 de novembro de 2013.

    O Prêmio Jabuti de Literatura, um dos mais tradicionais da literatura no Brasil, contempla 27 categorias que vão de tradução e design gráfico de livros a temáticas específicas. Ao todo, foram avaliadas mais de 2 mil obras publicadas em 2012. No caso de Aldri Anunciação, a indicação (e agora premiação) foi para a categoria Literatura Juvenil, que considera o conteúdo da obra. Os critérios de avaliação na categoria em questão são: 1) construção de personagem e trama 2) ajuste para a idade a que se destina e 3) originalidade da ideia.

    O livro foi oficialmente lançado na Bahia em março de 2012, após ganhar o Prêmio Braskem de Teatro 2011 de Melhor Texto. A obra foi adaptada para os palcos e contou com a direção de Lázaro Ramos, em estreia movimentada, em março de 2011, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, na Bahia. Vale lembrar que em dezembro de 2012, através de votação popular, o Portal R7 considerou este o Melhor Texto de Teatro do ano também.

    Os melaninas acentuadas estão arrebentando! Desde a primeira lista dos indicados ao Prêmio Jabuti, Namíbia, Não! – o livro – foi simplesmente o mais votado. Para o resultado final todos os pontos foram zerados e os 10 indicados passaram por nova votação, na qual Namíbia, Não! e Aldri Anunciação sairam vencedores.

    Namíbia, Não! Livro – Foto: Felipe Cartaxo

    Em novembro deste ano será publicada a versão em alemão pela editora FischerTheater Verlag, com tradução do renomado pesquisador e brasilianista Henry Thorau (tradutor responsável, do português para o alemão, pelas obras de Nelson Rodrigues)

    http://www.premiojabuti.com.br/resultado-vencedores-2013

    Texto: Aleksandra Pinheiro/Comunika Press

    Namíbia, Não! Sustentabilidade, Sim!

    Responsável pela ONG Doe Seu Lixo despejando os canhotos
    na esteira de triagem.

    Que sustentantabildade, reciclagem e meio-ambiente são temas importantes nas pautas futuras e presentes todos nós sabemos. O aumento populacional do planeta e o ritmo de consumo e descarte cada vez mais acelerado inviabilizam a sobrevivência do planeta a longo prazo.
    Se cada um fizer a sua parte, pode-se reduzir um pouco estes impactos. Como diz aquele velho ditado: “se quiser mudar o mundo, comece com o seu bairro, a sua rua, a sua escola.”
    A produção artística, assim como qualquer outro empreendimento, utiliza muito material de variados tipos (papeis, plásticos, isopor, tecidos e etc). Quando são impressos 20 mil panfletos, por exemplo, não paramos para pensar que isto significa muito papel que rapidamente vira lixo após passar pela mão do público.

    Pensando nisto, Namíbia, Não! vem inovando com ações que visam reduzir os impactos ambientais e promover sustentabilidade. São ações simples, como a recentemente realizada no Rio de Janeiro, durante a temporada carioca no Teatro Candido Mendes, que foi de julho a setembro de 2013 e foi prorrogada até o próximo dia 06 de outubro. A temporada contou com o patrocínio de FURNAS.
    Em contato com a ONG Doe Seu Lixo, cooperativa de reciclagem apoiada por Isabel Filardis, o produtor executivo da peça no Rio de Janeiro Tom Borges, fez a entrega dos canhotos dos ingressos recolhidos no Candido Mendes. Na foto acima, o responsável pela ONG, Cleber Messias, despenca o material na esteira de triagem.
    Certamente essa parceria irá se repetir em projetos futuros. Agradecemos a ONG Doe Seu Lixo pela parceria. Namíbia, Não! Sustentabilidade, Sim!



    Aldri Anunciação e seu livro Namibia Nao estão na primeira lista de indicados à 55ª edição do Prêmio Jabuti, categoria Juvenil.

    Foto: Felipe Cartaxo

    Aldri Anunciação e seu livro Namibia Nao estão na primeira lista de indicados à 55ª edição do Prêmio Jabuti, categoria Juvenil.
    A 2ª e última etapa das indicações acontecerá dia 17 de outubro e os vencedores serão divulgados 13 de novembro.

    O livro foi oficialmente lançado na Bahia em março de 2012, após ganhar o Prêmio Braskem de Teatro 2011 de Melhor Texto. A obra foi adaptada para os palcos e contou com a direção de Lázaro Ramos, em estreia movimentada, ocorrida na Sala do Coro do TCA, na Bahia, em março de 2011. Vale lembrar que em dezembro de 2012, através de votação popular, o Portal R7 considerou este o Melhor Texto de Teatro do ano também.

    Os melaninas acentuadas estão arrebentando! Para essa primeira lista dos indicados ao Prêmio Jabuti, Namíbia,não! – o livro – foi simplesmente o mais votado. Ficamos na torcida.

    Em novembro deste ano será publicada a versão em alemão pela editora FischerTheater Verlag com tradução do renomado pesquisador e brasilianista Henry Thorau.

    http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2013/09/1343640-premio-jabuti-anuncia-livros-finalistas-da-primeira-etapa-veja-lista.shtml

    Texto: Alessandra Pinheiro/Comunika Press

    O que pensa o público de Namíbia, Não! – questões de recepção.

    Bárbara Heliodora, a temida crítica de teatro brasileira, especialista em Shakespeare e que faz o ator mais experiente tremer no palco ao vê-la na plateia disse em 2011, quando Namíbia, Não! estreou no Rio de Janeiro: “Uma grata contribuição à dramaturgia brasileira e com certeza faz pensar.”
    Pronto, era o aval que faltava para que o espetáculo figurasse entre as mais importantes produções teatrais dos últimos tempos no Brasil. Por sua importância político-social, mas, também, por trazer importantes inovações dramatúrgicas no que diz respeito ao teatro político no Brasil.
    São quase três anos de trajetória e resolvemos reunir outras opiniões, assim como as da senhora Heliodora, de espectadores do espetáculo. A maior parte das mensagens foi recebida através da rede social Facebook. (Os nomes dos autores não serão citados exceto Paulo Henrique Amorin que postou seu comentário no seu próprio site.)

    “Olá Aldri! Fiquei muito encantada com a peça ontem! Já esperava que fosse muito boa, mas superou minhas expectativas.. e a forma como aquele teatro contribuiu para isso, tive uma vivência diferente, mergulhei mesmo na peça e me senti parte dela. Como se eu estivesse dentro do apê com vocês, pensando no que fazer! as vezes dava até vontade de dar minha opinião kkkkk”

    “Parabéns pelo belíssimo texto e pela atuação impecável! Você é GRANDE!!! Ficarei de olho nos seus próximos trabalhos!”

    “Uma coisa que me chamou a atenção foi o cenário. Achei muito interessante a ideia, tudo branco. Como você falou que podíamos mandar perguntas, aí vai: Como foi esse processo de criação do cenário? De quem foi essa ideia e qual a intenção? Forte abraço.”

    “Ontem a noite eu e meu noivo fomos assistir a peça. Eu já havia assistido em Salvador e queria muito que ele tivesse a oportunidade de assistir uma apresentação tão interessante e reflexiva como ” Namíbia, Não!”. Parabéns aos atores e a toda sua equipe.”


    “Gostaria de parabenizar a todos os envolvidos com “Namibia, Nao!” pelo brilhante espetáculo! Texto inteligente e engraçado, atuação impecável e nos leva a refletir sobre as diversas questões abordadas. Com certeza, foi uma excelente escolha prestigia-los!”


    “Namíbia,não!” precisa vir para o interior do estado de São Paulo! O que é preciso p/ isso?Contem conosco neste movimento..Abç”


    “PEÇA FANÁSTICA, ESSE DOMINGO VALEU MUUUUUUUUUUUUUUITO A PENA SAIR DE CASA!”


    “Eu recomendo o espetáculo teatral, um texto belíssimo, do autor Aldri Anunciação, e uma interpretação magnífica de Sergio Menezes, enfim, a interpretação dos fatos podemos dizer que os atores são excelente.
    Parabéns para toda Produção pelo magnifico trabalho. E para o diretor Lazaro Ramos.”

    “este ansioso blogueiro voltou ao TCA para assistir à desafiadora e intrigante peça Namíbia, Não !, do baiano Aldri Anunciação. O entrecho se sustenta na hipótese de o Governo baixar uma Medida Provisória e obrigar todos os brasileiros de “melanina acentuada” a voltar para o país africano que escolhesse.
    Seria uma forma de impedir uma indenização pela escravidão dos de melanina acentuada.
    (Será uma homenagem dissimulada ao Ali Kamel ?) A cunhada Geovana insistiu.
    Este ansioso blogueiro temia assistir a peça de autor estreante e de diretor idem.
    Geovana estava certa.
    A peça é ótima.
    O atores Aldri e Flavio Bauraqui passam drama, tensão, humor – e revolta.
    E o Lázaro Ramos vai ser um diretorzaço.
    Encontra soluções brilhantes e demonstra conhecer a suave magia do teatro.
    Lázaro, traga o Namíbia, Não ! para o Rio e São Paulo.” (Paulo Henrique Amorin – 
    http://www.conversaafiada.com.br/cultura/2011/04/04/presidenta-leve-o-neojiba-a-china-e-a-namibia-para-ca/)

    E estes são apenas alguns. Há muito mais que chegam por e-mail, facebook ou pessoalmente no final do espetáculo. 
    Obrigado a todos!

    Bonde pra Namíbia!

    O grupo Bonde pra Namíbia (foto), formado espontaneamente por espectadores interativos e cativos do espetáculo Namíbia, Não! , que acompanham oa trajetória da peça desde 2011, foi assistir ao espetáculo nesse 07 de setembro de 2013 no Teatro Cândido Mendes- RJ.

    A idealizadora do “Bonde”, Márcia Brasil, organizou um grupo no Facebook intitulado Bonde pra Namíbia com o objetivo de formar um grupo para assistir ao espetáculo em cartaz no Rio de Janeiro. O grupo conta com mais de 100 participantes, alguns que já conhecem o espetáculo e outros que já ouviram muito falar e tem curiosidade.
    Foi uma apresentação pra lá de especial, com direito a muito bate-papo divertido após o espetáculo!
    Semana que vem fazemos as últimas três apresentações no Rio de Janeiro nos dias 13, 14 e 15 de setembro!

    Teatro Cândido Mendes, Rua Joana Angélica, 63 – Ipanema.
    Sexta e Sábado 21h / Domingo 20h!

    NAMÍBIA, NÃO! NO FILTE BAHIA 2013

    Casa cheia, fila para conseguir um ingresso, público feliz e aplausos calorosos. Este foi o balanço das 3 apresentações do espetáculo Namíbia, Não! no FILTE BAHIA 2013 de 3 a 5 de setembro. A produção agradece aos organizadores, em especial a Luiz Alonso e a equipe Namíbia de Salvador, especialmente Socorro de Maria. A peça volta para o Rio de Janeiro HOJE, dia 06/09 e encerra temporada no próximo dia 15/09. Sempre de sexta a domingo no Teatro Candido Mendes em Ipanema.

    Entretenimento, reflexão política e histórica e educação para a cidadania. Isto é Namíbia, Não!

    NAMÍBIA, NÃO! E O PÚBLICO JOVEM

    O público jovem comparece ao espetáculo Namíbia, Não!.
    A identificação dos jovens com o espetáculo tem a ver com a agilidade e dinâmica da encenação que Lázaro Ramos definiu para as cenas, proporcionando uma narrativa que comunica com agilidade o texto de Aldri Anunciação. Outro ponto que atrai os jovens é a conexão entre reflexão social e entretenimento (diversão) que espetáculo oferece ao público.

    Temporada carioca caminha para seu encerramento até 15/09, no Teatro Cândido Mendes, sextas e sábados 21h. Domingo 20h.

    NAMÍBIA, SIM! – EMBAIXADOR DA NAMÍBIA E SUA COMITIVA PRESTIGIAM ESPETÁCULO NO RIO DE JANEIRO!

    Nesta sexta-feira (30/08) tivemos a honra de receber na plateia do Teatro Cândido Mendes – (RJ), o diplomata namibiano Sr. Lineekela Josephat Mboti (Embaixador da Namíbia no Brasil) que veio prestigiar o espetáculo juntamente com sua comitiva.
    A Embaixada da Namíbia foi conferir a peça teatral (dirigida por Lázaro Ramos) que reflete de forma irônica e bem-humorada as identidades formativa da população brasileira.
    Sr. Embaixador adquiriu um exemplar do livro do espetáculo (Ed. Edufba), e aguardou para cumprimentar os atores ao final do espetáculo, momento em que conversaram sobre relações culturais entre África e Brasil. 
    Aldri Anunciação (ator e autor do texto) sugeriu ao Sr. Embaixador a criação de um Festival de Teatro de mão dupla e simultâneo, onde espetáculos brasileiros fossem apresentados em países africanos e vice-versa, e lembrou que em 2012, o espetáculo teve a presença espontânea de dois namibianos na plateia, que assistiram à peça teatral, e saíram (literalmente) vestidos com a camisa do espetáculo, empolgados com as reflexões dos dois primos-personagens (André e Antônio).
    na conversa com o Sr. Embaixador, o ator Sergio Menezes afirmou que a ironia do título do espetáculo promove um golpe teatral no espectador, que se surpreende com o que vê e ouve no divertido espetáculo-debate.
    Na foto (ao centro) o Sr. Embaixador da Namíbia Lineekela Josephat Mboti (e sua comitiva), juntamente com os atores do espetáculo Sergio Meneses (à esquerda) e Aldri Anunciação( à direita).
    (foto tirada pela produção do espetáculo.)
    Namíbia, Não! realiza suas últimas apresentações no Rio de Janeiro, em temporada que se encerra no dia 15 de setembro de 2013 no Teatro Cândido Mendes, sextas e sábados 21h, domingos 20.

    NAMÍBIA, NÃO NO FILTE BAHIA 2013

    Nos dias 03, 04 e 05 de setembro de 2013, Namíbia, Não! estará integrando a programação do FILTE BAHIA 2013 – Festival Latinoamericano de Teatro de Salvador. As apresentações ocorrerão no Teatro ACBEU no Corredor da Vitória (Av Sete de Setembro) em Salvador. 
    O FILTE vem se destacando no cenário nacional como um dos mais importantes festivais de teatro contemporâneo pela qualidade da curadoria, por suas ações formativas e por promover um efetivo intercâmbio das artes cênicas latinoamericanas formando uma verdadeira vitrine para outros festivais do mundo.
    Namíbia estará em Salvador nos três dias, mas, volta para o Rio de Janeiro no dia 06 onde segue em temporada até o dia 15 de setembro, sempre de sexta a domingo. 

    Em breve mais informações sobre a agenda nacional e internacional do espetáculo.

    Link para Namíbia, Não! no site do FILTE BAHIA 2013